• Av Juriti, 144 - Moema - São Paulo
  • (11) 5053-2222

Avicena

 'Abu 'Ali al-Hussain ibn 'Abd Allah ibn al-Hassan ibn 'Ali ibn Sina

Avicena

'Abu 'Ali al-Hussain ibn 'Abd Allah ibn al-Hassan ibn 'Ali ibn Sina

Dr Alexandre Amato

Em árabe 'Abu 'Ali al-Hussain ibn 'Abd Allah ibn al-Hassan ibn 'Ali ibn Sina, conhecido no Ocidente como Avicena, filósofo árabe (nascido próximo a Bokhara em 980 e falecido em Hamadan, na Pérsia, em 1037), considerado um dos maiores filósofos do islamismo e conhecido como “o Filósofo dos Árabes”. Homem de grande cultura especializou-se na área médica. Com somente 16 anos, tinha estudado medicina, e sua competência era evidente. Com 18 anos, tratou e curou o príncipe Nuh ibn Mansur, após diversas tentativas de outros médicos. Ganhando confiança, proteção política e simpatia, os príncipes de Buhara liberaram o acesso à biblioteca dos governadores Samânidas, o santuário do saber árabe, na época. Foi médico, jurista, professor e ocupou cargos políticos. Escreveu cerca de 200 obras, sendo a mais importante, o Livro da Cura. Suas obras foram muito utilizadas na Idade Média. Completou a enciclopédia al-Qanun ou Cânone com 21 anos, a qual era mais considerada no seu tempo que a obra de Razés (al-Razi) ou de Galeno. Por séculos (até meados do século XVII), inclusive para os cristãos, sua obra foi estudada e traduzida por mestres, médicos e estudantes.